Google+ Followers

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

VERDADEIRO BUDISMO – A ILUMINAÇÃO VEIO AOS HUMANOS COMO DÁDIVA




                    Originalmente,  não era desejo do Buda  SAKYAMUNI  renascer neste Planeta Terra para propagar o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA.  Seu desejo era renascer num Mundo em evolução  que estivesse no Estado de NIN (tranquilidade)  ou  TEN  (Alegria).  

               Entretanto,  ao penetrar na   Corrente do Renascimento e Morte, perdeu o controle da escolha e  renasceu neste Mundo SAHA (Terra),  quando os humanos ainda não estavam preparados para entender o ensinamento Supremo do VERDADEIRO BUDISMO, pois viviam e ainda vivem nos Mundos dos Estados de  JIGOKU, GAKI, TIKUSHO e SHURA  (Inferno, Fome, Animalidade e Ira)  e   parece não desejarem mudar de Plano pelo próximo MAHA-KALPA.  Neste Mundo SAHA prevalece a má índole dos Três Poderosos Inimigos (AVAREZA, IRA e ESTUPIDEZ).

               O Thatagata  parece  lamentar àquela escolha, quando  afirmou expressamente:

     “”” No passado sentei-me eretamente no local de meditação sob a árvore Bodhi durante seis anos e alcancei a SUPREMA ILUMINAÇÃO (Estado de Buda).   Quando observei  todos os fenômenos ( fatos, atos e pessoas)  com a visão de um BUDA, concluí que não poderia expor minha Iluminação, exatamente como ela era.”””
      (Buda SAKYAMUNI – Sutra Muryogui). 

            O Budismo chegou à China no ano de 67 (d.C), levado por KASHYAPAMATANGA, um intelectual da Índia Central que dominava o idioma chinês e era versado no Budismo Hinayana e Mahayana, atendendo um convite do Rei da Dinastia MING, ocasião em que construiu o primeiro Templo Budista na cidade de LOYANG no ano de 67 (d.C.).

                O Budismo foi introduzido no Japão no ano de 552 (d.C.),  levado por Monges de PAECKE, um antigo Reino Peninsular da COREIA.  De 1283, primeiro ano após a morte do Buda Original NICHIREN DAISHONIN, até o ano de 1930, os Sutras e os Ensinos Budistas ficaram enclausurados com o Clero Budista Japonês, que temia sua propagação para os leigos.

               Segundo o Calendário Budista, aceito pelos países que adotam seus Ensinos, mil anos após a morte do Buda, foi que esse Ensino foi introduzido na China.   Mas levaram, aproximadamente, seiscentos anos para que todos os Sutras Budistas chegassem à  China, levados por vários Sábios e tradutores, consistindo em SUTRA (Doutrinas), VINAYA (Regras Monásticas), ABHIDHARMA (Tratados dos Sábios e Discípulos do Buda), PRAJNA-PARAMITA  (Ensinamentos para se adquirir a Sabedoria)  e DARANI( Ensinos Místicos e Esotéricos).

               Anos após os primeiros Sutras entrarem na China, quando um novo Sábio chegava com um novo Sutra,  o Ensino  era recebido com intensa animosidade pelos Ensinos existentes e se travavam os mais intensos debates, inclusive com a intervenção dos Imperadores. Os Sábios e Estudiosos se dividiram em  várias Escolas de  propagação como   KUSHA, JOJITSU, RITSU, HOSSO, SANRON, KEGON, TENDAI, SINGON, ZEN e JODO.  O Buda havia  proibido a propagação do  SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA  pelo prazo de  dois mil anos após a sua morte.

               Os Ensinos dos Sutras  foram  classificados como    HINAYANA, MAHAYANA, PROVISÓRIOS, VERDADEIROS, TEÓRICOS, ESSENCIAIS, EXOTÉRICOS e ESOTÉRICOS.  Começaram debates infindáveis  e acalorados na China entre as Escolas com acusações, traições, plágios, adulterações  e falsificações dos textos sagrados.   Cada uma  requerendo  a supremacia do Ensino de sua Escola e as benesses do Governo.

               Os debates só acabaram na China quando o Bonzo TIEN-TAI (538-597 -  d.C. – China) da Seita TENDAI (que defendia o Sutra de Lótus) venceu em debate público  as Escolas do Norte e do Sul da China.  Na verdade, TIEN-TAI era e é um  dos Bodhisattva Mahasattva mais poderoso e importante do  Universo.  Já nos dias do Buda SAKYAMUNI, TIE-TAI apareceu ao lado do Buda para auxiliá-lo na pregação do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA (Nam-Myoho-Rengue-Kyo), utilizando o nome de renascimento da   Ordem Budista de Bodhisattva YAKUO.   

               TIEN-TAI renasceu, ainda,  no Japão com o Título Honorífico de Grande Mestre DENGYO (767-822 – Japão) para vencer os debates  pela Escola TENDAI com as outras Escolas, diante do Imperador e amainar as discordâncias entre os Ensinos, pois naquela época, por Decreto do Buda SAKYAMUNI, o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA ainda não podia ser propagado.

                A Sabedoria do Bodhisattva Mahasattva YAKUO (na Índia), Grande Mestre TIEN-TAI (na China) e  Grande Mestre DENGYO (no Japão)  é conhecida entre todos os Bodhisattva, Deuses e Budas do Universo, reverenciado desde o Infinito Passado como Bodhisattva REI DA MEDICINA.  Seu auxílio ao Buda SAKYAMUNI na propagação do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA foi tão prestimoso, que o 23º.  Capítulo do  Sutra de Lótus  é dedicado à vida e a Iluminação desse Bodhisattva. 

               Passados os dois mil anos, estabelecidos pelo Buda e entrando a Terra na  ERA DOS ÚLTIMOS DIAS DA LEI, no ano de 1253, o Buda Original NICHIREN DAISHONIN, já sabendo previamente das atrocidades que lhe aconteceriam no Japão ,  proclamou abertamente no  Templo que estudou desde a sua infância,  pela primeira vez, após a morte do Buda SAKYAMUNI, o “NAM-MYOHO-RENGUE-KYO”.  Durante essa proclamação, o Bonzo Chefe do Templo,  onde o Buda residia já preparava a ROTA DE FUGA do seu aluno preferido, o Buda NICHIREN.

               O Clero Budista do Japão das dez Seitas dos ENSINOS PROVISÓRIOS, incluindo o Imperador Japonês e seu Governo, que por decreto tinha nomeado a Seita JODO (Terra Pura) como protetora da nação, lançaram-se sobre o Buda NICHIREN como Demônios Famintos, obrigando-o a fugir, mesmo assim, os guerreiros que tentaram matá-lo,  quebraram um dos seus braços no ataque frustrado durante a sua fuga.

               A partir desse dia, o Buda Original NICHIREN DAISHONIN  nunca mais teve sossego.  Condenado  injustamente para ser decapitado, escapou milagrosamente com o aparecimento repentino  de uma luz no céu na madrugada escura daquela noite,  segundos antes do golpe fatal,  que deixou o executor  imperial e seus cavaleiros, momentaneamente, cegos (Dharani). A execução foi suspensa.

                Condenado ao exílio para morrer na Ilha de  Sado  (Japão), depois anistiado,  sobreviveu COMENDO  GRAMA. Tudo isso porque esse Planeta Terra é domínio do Rei Demônio do Sexto Céu.   Na ERA DE MAPPO a PROVA  (Fenômenos Celestes e Aparições Divinas - Dharani) estão proibidos.

               Se a troca  imposta pela  LEI  DO DHARMA, para que  o  Buda SAKYAMUNI,  que desejava renascer e expor os seus Ensinos nos mundos NIN e TEN  e não no Mundo SAHA (Terra), não tivesse sido feita,  jamais  nos encontraríamos com o DAIMUKU DO SUTRA DE LÓTUS,  nem em um milhão de nayuta-assogui de eternidades  no futuro  e jamais atingiríamos o ESTADO DE BUDA.  Neste Mundo SAHA (Terra) os humanos são míseras PRESAS.  Os PREDADORES são os DEMÔNIOS DO  SEXTO CÉU, responsáveis pelas epidemias globais, como  fome, calamidades, peste e guerras.   frnbao-.

Fontes Consultadas:
Sutra de Lótus da Lei Maravilhosa
Gosho Zenshu
Saddharma-Pundarika-Sutra
Miao-Fa-Lien-Hua-Ching
Muryogui Sutra
Ninno-Hannya-Haramitsu-Kyo
Hiyu-Sutra
nichirenlibrary.org
thebuddhismsociety.org
pt.wikipedia.org
pacuacuritiba.com
Annie Wood Besant
Abidatsuma-Kusha-Ron











quarta-feira, 5 de julho de 2017

VERDADEIRO BUDISMO – A DIFERENÇA ENTRE O SUTRA DE LÓTUS E OUTROS ENSINOS



                O Buda SAKYAMUNI afirmou que o “SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA É O TESOURO SECRETO DOS BUDAS E ENTRE TODOS OS SUTRAS OCUPA A POSIÇÃO MÁXIMA”.   O BUDA está se referindo aqui, a todos os Sutras Budistas anteriores ao SUTRA DE LÓTUS.  Essa afirmação engloba, também,  todas as DOUTRINAS EXTERNAS (não Budistas) pelo seu baixo conhecimento dos ensinamentos que regem o Cosmos, pois só falam de SANTOS e PROFETAS (que povoam o Mundo Tríplice)  e todos esses ensinamentos têm, erradamente,  um DEUS como Ente Supremo.

               Na realidade, os DEUSES não são e nem nunca foram as Entidades Supremas do Universo Cósmico, e sim,  os BUDAS.  O erro está mais nas DOUTRINAS do que nos PROFETAS.   Esse ensinamento  errôneo desagrada aos Deuses e aos BUDAS.  Vemos na pregação do BUDA, milhares de DEUSES na Grande Assembleia, em MAGHADA (Índia), implorando para atingir o ESTADO DE BUDA.

               O Thatagata  atestou esse apelo com extrema clareza no SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA, onde afirmou:

  ”’”  Yakuo, o Senhor vê dentro desta multidão INCONTÁVEIS DEUSES (Deuses implorando para atingir o ESTADO DE BUDA), reis dragões, yakshas, gandarvas, ashuras, kinnaras, garudas e maharagas, humanos e não humanos, assim como monges, monjas, leigos e leigas.  O Senhor vê nesta multidão aqueles que buscam a categoria de Pratyekabuda e os que buscam a categoria de BUDA.  Se qualquer um deles ouvir uma única frase do SUTRA DE LÓTUS na presença do BUDA e experimentar  um único momento de alegria, Eu ( o BUDA) lhe confiro a Profecia de que essa pessoa atingirá o ESTADO DE BUDA.”””
      (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               Essas DOUTRINAS PROVISÓRIAS nada sabem dos Céus do MUNDO DA FORMA (Mundos  dos Bodhisattvas Mahasattvas e Deuses)  e nem do  NIRVANA  (Mundos  dos BUDAS).  Entretanto, o BUDA advertiu  a nós, BODHISATTVAS DA TERRA:

     ””” Comete um ato de INCLEMÊNCIA aquele que não corrigir uma pessoa que,  por ignorância,  segue para os Maus Caminhos da Existências (64 mil Infernos). ”””
   (Buda Original NICHIREN DAISHONIN - Gosho Zenshu).

               A saga financeira e o poder econômico dos detentores dos ENSINOS PROVISÓRIOS, muito embora cientes dos seus erros, tornam suas práticas  indiferentes à VERDADE afirmada no SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA.  A maioria dos seus crentes caminha inconscientemente para um dos 64 mil Infernos descritos nos Sutras.  Mas isso, muito pouco ou nada interessa aos altos dirigentes dos ESINOS PROVISÓRIOS que só visam status e lucro, muito embora o BUDA os tenha advertido expressamente:

     ””” Durante os Últimos Dias da Lei (ou Era da Mappo – presentemente), Bonzos, Freiras,  Clérigos  e Pastores vis serão em número tão grande quanto os grãos de areias do Rio Ganges, em busca de fama e fortuna de maneira  semelhante a cães.   Vestindo sobrepelizes e mantos, parecem pessoas sagradas, mas portam-se como cães famintos.  Ao receberem um donativo de alguém, rosnam e atacam (para não compartilharem). Todos eles cairão nos Infernos.”””
       (Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu).   

               É deplorável a ignorância primordial dos humanos desde o infinito passado sobre a Evolução Cósmica.   Os ricos e poderosos continuam cada vez mais arrogantes, explorando, escravizando e massacrando os mais pobres, muito embora  sejam esses (os pobres) quem alimentam  a sua AVAREZA, IRA e ESTUPIDEZ.   Os BUDAS se confraternizam e resplandecem de alegria por todo o Universo Galáctico quando um MORTAL COMUM atinge o ESTADO DE BUDA.
Os ricos da Terra se confraternizam com a falência de um concorrente.

               O Buda SAKYAMUNI  advertiu severamente aqueles que menosprezam ou zombam dos praticante do Verdadeiro Ensino, na ilusão de pensarem ser os donos da Verdade:

    ””” O pecado de proferir uma única palavra depreciativa contra os bonzos ou leigos que creem e ensinam o SUTRA DE LÓTUS é ainda maior do que o de depreciar diretamente o BUDA por uma eternidade inteira.”””
     (Buda Sakyamuni – Sutra de Lótus).

               O SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA revela a vida do Buda SAKYAMUNI como um Buda de Gohyaku-Jintengo, um passado distante além da imaginação; entretanto esse é um tempo limitado. Embora o Buda SAKYAMUNI  tenha praticado austeridades por todo esse tempo para se tornar BUDA, a Lei que o tornou BUDA É ETERNA, sem começo nem fim.   

               Ao se atingir o ESTADO DE BUDA, todo o conhecimento, toda sabedoria, todo poder, toda a Iluminação  do ESTADO DE BUDA são adicionados ao novo BUDA e Este passa a integrar toda a Sabedoria, Poder e Iluminação Cósmica,  desde o Infinito PASSADO DE KUON-GANJO.   Portanto, atingir o ESTADO DE BUDA,  é atingir o Poder Eterno inerente ao  Todo e a Tudo nas três existências de vida (passado, presente e futuro).

               O Buda Original NICHIREN DAISHONIN, mesmo sabendo que seus discípulos (mortais comuns) não compreendiam nem entendiam seus ensinamentos, passava muitas  noites ensinando aos Deuses do Sol, da Lua e demais ouvintes cósmicos, chegando a relatar:

     ””” Neste Gosho escrevi os meus ensinos mais importantes.   Compreenda-os profundamente para que eles façam parte de suas vidas.  Creiam no GOHONZON (Objeto de Adoração Budista), o maior objeto de adoração do mundo.  Esforcem-se destemidamente para forjar uma fé suficiente parar receber a proteção de SAKYAMUNI, TAHO e de todos os outros Budas.   Exerçam-se no caminho do estudo e da prática.  Sem esses dois não pode haver Budismo.”””
     (Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu).

               O Buda SAKYAMUNI e o Buda Original NICHIREN DAISHONIN  deixaram, por missão, a TERRA DA LUZ TRANQUILA para renascerem num Mundo dominado pelas três impurezas:  (AVAREZA, IRA e ESTUPIDEZ), com o objetivo único  de pregar o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA  para que todos os humanos atinjam  o ESTADO DE BUDA na ERA DE MAPPO.    Nenhuma outra Doutrina, nenhum outro CREDO   pode fazer isso!.  

               E, quem junta as palmas de suas mãos e em reverência agradece a esses dois BUDAS, recitando:  NAM-MYOHO-RENGUE-KYO! ?.   Essa ingratidão já começa a ser sentida no leito de morte de cada um e o seu mal Karma o acompanhará para todo o sempre,  assim  como o eco segue o som e a sombra segue a forma.

               Entretanto, o Buda Original deixou, por compaixão,  a chave da ILUMINAÇÃO como seu último LEGADO:

    ””” Se o Senhor deseja livrar-se dos sofrimentos do Renascimento e Morte que vem suportando por Eras Eternas e deseja alcançar a Suprema Iluminação  (ESTADO DE BUDA) nesta existência, deve despertar para a Verdade Mística que sempre existiu dentro de sua vida (mente) e recitar o NAM-MYOHO-RENGUE-KYO.  Recitar o NAM-MYOHO-RENGUE-KYO o capacita, portanto, a compreender a Verdade Mística que existe dentro de sua vida (mente).”””
     (Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu).   frnbao-.

Fontes consultadas:
Sutra de Lótus da Lei Maravilhosa
Gosho Zenshu
Sadharma-Pundarika-Sutra
Miao-Fa-Lien-Hua-Ching
Muryogui Sutra
Ninno-Hannya-Haramitsu-Kyo
Hiyu-Sutra
nichirenlibrary.org
thebuddhismsociety.org
pt.wikipedia.org
pacuacuritiba.com
Annie Wood Besant








segunda-feira, 5 de junho de 2017

VERDADEIRO BUDISMO – O SUTRA DIFÍCIL DE CRER E DIFÍCIL DE COMPREENDER



              Quando o Buda SAKYAMUNI  atingiu o Estado de BUDA, com trinta anos de idade, passou um longo tempo em silêncio absoluto.    Seu desejo, naquele momento,  era de não ensinar uma só palavra.    O BUDA observou que os humanos  não estavam preparados para entender o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA:  (NAM-MYOHO-RENGUE-KYO), motivo do seu advento neste Mundo Saha. 

                Instado pela LEI DO DHARMA, considerando que foi o próprio BUDA quem desejou renascer e realizar esse Ensinamento no Planeta Terra, Ele iniciou sua Doutrina com o BUDISMO MAHAYANA PROVISÓRIO.   Como as  pessoas  não entendiam nada do MAHAYANA, Ele regrediu os seus Ensinos para o BUDISMO HINAYANA e pregou durante  12 anos.

               Quando o Buda SAKYAMUNI estava com setenta e dois anos de idade  e quarenta e dois anos de pregação dos ENSINOS PROVISÓRIOS (Preparatórios) escreveu no SUTRA MURYOGUI:

     “”” No passado, sentei-me eretamente no local de meditação sob a árvore Bodhi durante  seis anos e alcancei a ILUMINAÇÃO SUPREMA (Estado de Buda).  Quando observei todos os fenômenos com os olhos de um BUDA, concluí que não poderia expor minha Iluminação, exatamente como ela era.   Por que isso ?.  Porque eu sabia que as  pessoas diferem em suas naturezas e desejos.   E, como diferem em suas naturezas e desejos, eu expus a LEI de vários modos.   Expondo a LEI de vários modos,  fiz uso do poder de métodos expedientes (ensinos por etapas).   Contudo, nesses mais de quarenta anos, ainda não revelei  a Verdade (Ensino que conduz ao Estado de Buda).”””
      (Buda SAKYAMUNI – Sutra Muryogui). 


               O  SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA adverte:

       “”” Honestamente, abandonando os ENSINOS PROVISÓRIOS, exporei a LEI SUPREMA.   Jamais aceitem uma só palavra de outros SUTRAS ( Exceto, o Sutra de Lótus)”””.
     (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               Ao se submeter à Lei do Renascimento e Morte  para tentar levar os humanos ao ESTADO DE BUDA, o Buda desejava  renascer nos Estados de NIN ou TEN (Tranquilidade e Alegria) na Terra.   Entretanto, ao ser submetido, naquela ocasião , à  LEI DO DHARMA, foi conduzido para  o estágio evolutivo em que se encontrava a Terra, dominada  pelos Quatro Maus Mundos da Existência: -  INFERNO, FOME, ANIMALIDADE e IRA.

                Qualquer Santo ou Profeta (Sábio), até mesmo  BODHISATTVAS MAHASATTVAS,  DEUSES  ou BUDAS que, voluntariamente, renascerem  na Terra, suportarão enquanto viverem neste Planeta, o Karma dos seus pais,  da sua Raça e da própria Terra.   É por esta razão que o Buda  SAKYAMUNI e o Buda Original NICHIREN DAISHONIN sofreram tanto.

               O Buda SAKYAMUNI passou 42 anos de sua vida,  ensinando aos seus discípulos e à  multidão que O acompanhava,  os ENSINOS PROVISÓRIOS (Preparatórios), pois os humanos não estavam preparados para entender o VERDADEIRO BUDISMO (SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA – SADDHARMA-PUNDARIKA-SUTRA).   Ao pregar o SUPREMO ENSINO o Buda SAKYAMUNI  proibiu que aquela Lei Suprema  fosse revelada nos próximos dois mil anos (Segundo o Calendário Budista), ocasião em que  testificou  expressamente:

     “””  Após a minha morte esta Magna Lei não deverá ser revelada, enquanto não chegar a ERA DOS ÚLTIMOS DIAS DA LEI.”””
     (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               O Buda SAKYAMUNI  advertiu aos seus discípulos e à Assembleia que O ouvia,  a dificuldade de se encontrar o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA neste e noutros  Mundos  Saha:

       “””Os Senhores têm sido filhos de  grande número de pais nas existências passadas, mas jamais se encontraram com o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA nesse período de tempo.  Assim, é fácil ter pais, mas muito difícil de se encontrar com o SUTRA DE LÓTUS.”””
    (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               Na antiga China, no sétimo ano de Yung-Ping ( 67 D.C.), o  Imperador da Dinastia HANG (Ming) sonhou com um homem de ouro.  Imediatamente ele ordenou que  dezoito emissários fossem à Índia, incluindo os Sábios TSAI YIN e WANG TSUN  para trazerem o Budismo para a China.   Assim,  no décimo ano da Era Yung-Ping  dois Sábios da Índia Central  chegaram à China: -  KASHYAPA – MATANGA  e DARMARAKSHA e gozaram da mais elevada  estima do Imperador  Chinês.

               Segundo o Calendário Budista, mantido até hoje, o Buda SAKYAMUNI viveu  nos anos de 1029 A.C./949 A.C. e todas as referência dos seus escritos monásticos  mantêm  essa data em  seus  ensinamentos Budistas nos diversos países da  Ásia, China e Japão.

               O Buda SAKYAMUNI  ao reassumir o ESTADO DE BUDA,  utilizando o  corpo de um Mortal Comum ( na Índia), com 30 anos de idade, observou com os OLHOS DO BUDA que a humanidade não estava preparada para entender nem compreender a profundidade dos ensinamentos do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA e passou quarenta e dois anos da sua vida, como BUDA, ensinando os ENSINOS PROVISÓRIOS (Preparatórios).

               Esses Ensinos (Provisórios), muito embora sejam um Ensino do BUDA,  só levam seus praticantes ao Estado de ARHAT, SHOMON ou SANTOS.   Sua diferença em poder e Iluminação, comparados à Iluminação do BUDA,  é ainda menor do que a luz de um vaga-lume comparada à LUZ DO SOL, pois não elevam seus praticantes  ao ESTADO DE BUDA,  única razão do advento do Buda  SAKYAMUNI  neste Mundo Saha (Terra).   Esses SUTRAS PROVISÓRIOS se assemelham às DOUTRINAS NÃO BUDISTAS: - (Bramanismo, Cristianismo, Judaísmo, Islamismo, entre outras), que desconhecem os Céus do MUNDO DA FORMA e NIRVANA  ( Céus dos Bodhisattvas Mahasattvas ,  Deuses e BUDAS) e não libertam seus praticantes da Lei do Renascimento e Morte.

               Proibido expressamente pelo Buda SAKYAMUNI de se pregar o SUTRA DE LÓTUS DE LEI MARAVILHOSA pelo prazo de dois mil anos, após a sua morte,  somente em 1253 (D.C.), o Buda Original  NICHIREN DAISHONIN recitou pela primeira vez, em público, após a morte do BUDA, o DAIMOKU (Título) do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA no Japão.

               Como  previsto pelos Sutras, todo o Clero Japonês, Chinês, Indiano e dos demais países Budistas,  inclusive o Imperador do Japão que professava um Ensino Provisório (Jodo – Terra Pura) se lançaram contra o Buda NICHIREN DAISHONIN como demônios famintos.  Foi preso, exilado e nunca teve permissão do Governo Japonês para debater com outras Seitas Budistas.   Como na  ERA DE MAPPO só são permitidos os ENSINOS e a  PRÁTICA, o Buda Original NICHIREN DAISHONIN nunca pôde exibir a PROVA REAL: - pregar investido  no CORPO DO DHARMA (pregar no Estado de Buda).   Até hoje, parte dos seus Ensinos não foram traduzidos.

               Muito embora o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA tenha dado a PROVA REAL de que,  quem O recita atinge nesta vida o ESTADO DE BUDA, como aconteceu na Índia nos dias do Buda SAKYAMUNI  com a menina RYUNYO e no Japão, recente,  com o Venerável JOSSEI TODA, os Países Budistas, por conveniência ou apego financeiro,  continuam  pregando  os ENSINOS PROVISÓRIOS (que eles chamam de tradicionais), sabendo que eles estão contrariando o Decreto dos BUDAS, não vão atingir a Iluminação após a morte e nem vão  se livrar da Lei do KARMA.   Permanecerão  eternamente no  ciclo  sem fim do Renascimento e Morte.  frnbao-.

Fontes Consultadas:
Sutra de Lótus da Lei Maravilhosa
Gosho Zenshu
Saddharma-Pundarika-Sutra
Miao-Fa-Lien-Hua-Ching
Muryogui Sutra
Ninno-Hannya-Haramitsu-Kyo
Hiyu-Sutra
nichirenlibrary.org
thebuddhismsociety.org
pt.wikipedia.org
pacuacuritiba.com
Annie Wood Besant







quinta-feira, 4 de maio de 2017

VERDADEIRO BUDISMO – O CHAMADO BENEVOLENTE DO BUDA



                  É realmente difícil acreditar que um humilde Mortal Comum (nós) possa atingir o ESTADO DE BUDA nesta existência.   Uma era de maldade e corrupção, quando se comportar com dignidade e justiça acarreta perseguições,  expulsões e até mortes, pois a ERA DE MAPPO  está dominada pelo  Demônio do Sexto Céu e blindada pelos três  poderosos inimigos,  previstos pelos Sutras: -  AVAREZA, IRA  e ESTUPIDEZ. 

                    No infinito passado,  o Buda nos informou, conforme descrito em BLOG anterior  que,  para se atingir o ESTADO DE BUDA, o Mortal Comum (nós)  teria que servir a 228 mil Budas, durante milhares de eternidades.  Na ERA DE MAPPO, com a recitação do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA (DAIMOKU), uma existência, APENAS,  é suficiente para se atingir a Iluminação Suprema.  Essa afirmação está comprovada com fatos concretos :  - A criança RYUNYO,  de apenas oito anos de idade  atingiu o ESTADO DE BUDA na pregação do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA pelo Buda SAKYAMUNI em MAGADHA na Índia.

                    Outra prova irrefutável do poder Infinito da Lei Maravilhosa, na Era de MAPPO,  vem do Venerável JOSSEI TODA (Japão, 1900/1958)  que,  por se recusar a renunciar a prática do VERDADEIRO BUDISMO do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA do Buda Original NICHIREN DAISHONIN foi preso pelo Governo do Império Japonês  de 1943 a 1945, atingindo o ESTADO DE BUDA na prisão, onde veio a falecer.   Nenhuma outra Religião, Doutrina ou Seita na Terra elevou um Mortal Comum, SEQUER, ao ESTADO DE SANTO em vida,  que é um Plano bilhões de aeons  de  vezes inferior aos Estados de Bodhisattvas Mahasattvas, Deuses ou BUDAS.

                    Ninguém sabe explicar a razão de o Buda SAKYAMUNI deixar a Terra da LUZ TRANQUILA (NIRVANA) para viver uma existência terrena,  tentando ensinar como atingir o ESTADO DE BUDA aos Mortais Comuns (nós), em um mundo Saha (Terra) dominado por milhares de falanges demoníacas,  lideradas pelo Demônio do Sexto Céu (DAI-ROKUTEN-NO-MAO), onde todos os seus habitantes estão possuídos pelas Quatro Maldades:  - INFERNO, FOME, ANIMALIDADE e IRA.

                    A determinação do Buda SAKYAMUNI, por si só, merece dos humanos o mais irrestrito respeito.  O Buda NICHIREN  descreveu como foi a passagem  do Buda SAKYAMUNI pelo Planeta Terra:

      “”” O Buda já sabia, previamente, as atrocidades que passaria ao renascer  voluntariamente na Escuridão Fundamental do Mundo Saha (Terra).   Com os seus pais já falecidos e o país dominado pelo Rei  AJASTASATHU,  que era inimigo do Budismo, o Buda SAKYAMUNI  sofreu todos os tipos de flagelos, tais como:  ficou órfão de mãe aos sete dias do seu nascimento,  pois sua mãe (Rainha MAYA) foi envenenada por um Demônio travestido de famoso médico de outro Reino,  que viera auxiliar o parto da  Rainha;  com seis anos de idade um Demônio se passando por uma Governanta Real deu leite envenenado ao pequeno Buda.””” 

   ””” O intento  do Demônio do Sexto Céu  era de matar o jovem Buda.   O Rei AJASTASATHU  ordenou que elefantes embriagados pisoteassem até a morte seus discípulos;    Monges liderados por SUNAKSATRA  aprisionaram o Buda em um estábulo e o vigiavam dia e noite, obrigando o Buda a passar noventa dias preso, comendo ração de cavalo; uma enorme pedra foi rolada montanha abaixo por Devadatta para matar o Buda; em várias ocasiões lhe negaram comida.”””
     (Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu).     

                    A intenção do Buda ao renascer neste mundo Saha era de, apenas, pregar  o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA, pois se aproximava a ERA DOS ÚLTIMOS DIAS DA LEI  ou   ERA DE MAPPO, quando a vida do Planeta TERRA  poderá durar dez mil anos ou dez dias e o tempo de sua canibalização pelo nosso Sol já está definido pelos cientistas contemporâneos.

                    Entretanto, ao começar a pregar seus ensinos, observou que os humanos não tinham compreensão nem alcance  mental  para entenderem  o Ensino Supremo e passou,  até aos setenta e dois anos de sua vida,  doutrinando seus discípulos nos ENSINOS (Sutras) PROVISÓRIOS.  Ao pregar o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA,  nos últimos oito anos de sua vida,  proibiu expressamente que o SUTRA DE LÓTUS fosse propagado antes de completarem dois mil anos, após a sua morte.

       “”” Após a minha morte, essa Magna Lei não deverá ser propagada enquanto não chegar a ERA DOS ÚLTIMOS DIAS DA LEI.””
      (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

                    Se o Mortal Comum (nós)  não adquirir a VISÃO DIVINA (a 2ª. das CINCO VISÕES DO ESTADO DE BUDA) fica quase impossível para os humanos entenderem a mensagem salvadora do Buda, quando pregou o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA – (NAM-MYOHO-RENGUE-KYO),  introduzido no CORPO DO DHARMA (Estado de Buda).   Naquela ocasião o Buda SAKYAMUNI advertiu aos  seus milhares de ouvintes: “””O Sutra de Lótus é difícil de se compreender e difícil de se acreditar.   Esse Sutra de Lótus é o Tesouro Secreto dos Budas.   Entre todos os Sutras ocupa a posição máxima.””” (Ibidem).  

                    Como a ERA DE MAPPO  ou ÚLTIMOS DIAS DA LEI  só se iniciaria dois mil anos após a morte do Buda  e era expressamente proibida a sua propagação antes de haver decorrido esse período, somente em 1253 (D.C.) , foi enviado o Buda Original  à Terra para transmitir o Verdadeiro Ensino  (Buda Original  NICHIREN DAISHONIN).  Como estava previsto nos Sutras, o Buda NICHIREN foi atacado pelo Governo  Japonês e por todas as dez Seitas Budistas da época  como Demônios famintos: (Kusha, Jojitsu, Ritsu, Hosso, Sanron, Kegon, Tendai, Singon, Zen e Jodo).

                    O Buda já tinha dito  que o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA é difícil de se compreender e difícil de se acreditar.  Mas, sabia também que, por termos entrado na ERA DE MAPPO ou ÚLTIMOS DIAS DA LEI, os humanos já tinham emadurecido as suas mentes o  suficiente para compreenderem o SUPREMO ENSINO.

                    A dificuldade dessa Suprema Lei está esclarecida pelo Buda:

-  “””Os Demônios veem o SUTRA DE LÓTUS como o Fogo Primordial
   que reduzirá tudo a cinzas;

-  Os Mortais Comuns (humanos) o veem como inúmeros caracteres
    Chineses;

-   Os  ARHAT e SHOMON  o  veem como a vacuidade infinita do espaço
     Cósmico;

-    Os BODHISATTVAS  MAHASATTVAS  e DEUSES  o veem como o
      Supremo Ensino que os levarão ao ESTADO DE BUDA;

-    Os BUDAS veem o SUTRA DE LÓTUS como 69.384 Budas.  (Cada
      Caractere do Sutra de Lótus representa um Buda).  O Sutra de
      Lótus tem 69.384 caracteres chineses.  Cada caractere distribui
      incontáveis Benefícios, Iluminação e Boa Sorte.”””
         Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu)

                    Não devemos duvidar das  palavras benevolentes do Buda, pois a Lei do Dharma nos vigia dia e noite com o Registro do nosso Karma (com todos os dados do nosso comportamento, atos, palavras e ações),  desde o infinito passado de KUON GANJO, dia após dia, ano após ano, Era após Era, e exigirá no final dos tempos,  uma rigorosa prestação de contas de cada ato do ser humano, qualquer que tenha sido  o seu Credo no passado.   frnbao-.
   
Fontes consultadas:
Sutra de Lótus da Lei Maravilhosa
Gosho Zenshu
Saddharma-Pundarika-Sutra
Miao-Fa-Lien-Hua-Ching
Muryogui Sutra
Ninno-Hannya-Haramitsu-Kyo
Hiyu Sutra
nichirenlibrary.org
thebuddhismsociety.org
pt.wikipedia.org
pacuacuritiba.com
Annie Wood Besant

quarta-feira, 5 de abril de 2017

VERDADEIRO BUDISMO – A INSENSATEZ HUMANA



                    O BUDA foi a única Entidade Celeste que declarou publicamente que é o nosso PAI, SOBERANO e MESTRE.   Que todos os habitantes da Terra, desde o mais humilde  mendigo ao mais ilustre Rei são seus filhos e que, somente ele,   poderia  salvá-los.  Contudo, continua a maioria da humanidade incrédula e agnóstica e,  muito embora não veja  sequer o AR QUE RESPIRA, está ciente de  que, terá que prestar contas do seu comportamento  errático  no  Mundo Tríplice, após a morte,  perante a Lei do Dharma.

                    Com extrema benevolência pelos humanos, afirmou o Thatagata:

  “””Agora, todo este Mundo Tríplice  (Terra) é meu  domínio.  Os seres vivos dentro dele são todos meus filhos.  Porém, este Mundo tem muitas preocupações e problemas.    Somente eu (o Buda) posso salvá-lo.”””
     (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

                    O Buda desejando que todas as  classes sociais da Terra, qualquer que seja seu grau cultural, desde os  sábios PhDs aos mais  incultos selvícolas,   que nada veem nem sabem da Verdade Última, compreendam a Verdadeira Lei, o Buda esclareceu a verdade  sem nenhum rodeio:

   “””A “sabedoria” dos Mestres e  outros Eminentes Sacerdotes (da Era Presente, Passada e Futura) não se compara com a (sabedoria) de um CAVALO ou de um BOI, e suas “iluminações” são menores do que as de um VAGA-LUME.  Esperar alguma coisa deles,  é o mesmo que colocar um arco e uma flecha nas mãos de um homem morto ou acreditar em  previsões de um indivíduo que fala dormindo.”””
     (Buda Original NICHIREN DAISHONIN  – Gosho Zenhu).

                    O Budismo afirma existir cinco tipos de Visões de Sabedoria Cósmicas, onde os Budas detêm todos os Cinco Tipos de Visões e os humanos só possuem a Primeira (sem distinção de cultura ou nível social).   O Buda deixou claro que essa Visão Cósmica não se adquire com a sabedoria intelectual (Doutorado, PhDs, Papado,  etc), e sim,  com a MENTE (Eterna).    A sabedoria intelectual fica na lousa do cemitério ou no portal do  crematório.   Classificou o Buda:  1ª. )  VISÃO DO MORTAL COMUM (que nada vê nem nada sabe) ;  2ª.) VISÃO DIVINA (Santos e Profetas);  3ª.) VISÃO DA SABEDORIA (Bodhisattvas Mahasattvas e Deuses); 4ª.) VISÃO DO DHARMA (Budas)  e  5ª.) VISÃO DO BUDA (Budas).

                    Acreditar e propagar que Deus é o  Ser Supremo do Universo, Criador do Céu e da Terra e a Entidade Absoluta do COSMOS  é uma grande ofensa à Lei, aos Deuses  e aos próprios BUDAS. Existem para o bem da humanidade mais Deuses no Universo Galáctico do que os grãos de areia de oitenta mil Rio Ganges.  Aqueles que propagam um falso ensino, pagarão caro pelos seus erros perante a Lei do Dharma, após a morte.   A maioria é por ignorância.   Mas nem por isso,  será poupada.

                    O Buda advertiu por diversas vezes:

   “”” As pessoas induzidas pelos maus Mestres e Ensinos errôneos e, por isso cairão nos Maus Caminhos da Existência (Infernos), após a morte, são tão numerosas quanto os grãos de pó que pode se transformar a Terra.   Aquelas que praticam a Verdadeira Lei  (NAM-MYOHO-RENGUE-KYO) e serão Iluminadas, são tão raras quanto os grãos de pó
da Terra que se pode  acumular no espaço de uma unha.”””
    (Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu).

                    Os Budas têm as mesmas  idades dos humanos (Kuon Ganjo).   Entretanto, analisando pelo ponto de vista da Sabedoria e Iluminação, é como comparar o brilho e o tamanho do nosso  Sol com um grão de carvão.   Nem por isso, o Buda desiste de nos incentivar  para mudarmos nossos  comportamentos,  mergulhados nos Quatro Maus Caminhos  da Existência  (INFERNO,  FOME, ANIMALIDADE e IRA), a fim de  obtermos a Iluminação e atingirmos o Estado de Buda.    Na ERA DE MAPPO  nenhum mal comportamento, desde que atacado pela Lei, é obstáculo para se atingir  o ESTADO DE BUDA.

                    Se os humanos perderem a oportunidade dada pelo Buda SAKYAMUNI, agora em MAPPO de atingir o ESTADO DE BUDA na Terra, talvez vagueiem pelos Infernos do Mundo Tríplice  por Sanzen Jintengo  de Eternidades e nunca atingirão sequer, a  VISÃO DIVINA (2ª. Visão Cósmica),  que os livraria da Lei do Renascimento e Morte.

                    Ficam  impossibilitados em qualquer outro Planeta que renascerem, pelos seus maus karma de atingirem a Iluminação Suprema, punidos pela oportunidade perdida em MAPPO, pelo Tempo e pelo Ensino oferecidos  na Terra.  Aqueles que renascerem noutro Quadrante e noutro Planeta em Mundos  de outros Budas, perdem a felicidade de terem o Buda SAKYAMUNI como PAI, SOBERANO e MESTRE.

                    A prova da compaixão do Honrado pelo Mundo neste Mundo SAHA ficou registrada nos Sutras:

  “”” Havia um homem em Varenasi (Índia) chamado AJITA.   Dominado pelo Demônio do Sexto Céu, apaixonou-se pela sua própria mãe.  Para livrar-se do marido de sua mãe, ele assassinou seu próprio pai e tomou a sua mãe como esposa.   Quando um ARHAT (Santo Budista do Hinayana) que havia sido mestre do seu pai o admoestou, AJITA matou também o Santo.   Quando sua mãe escolheu outro homem para seu marido, ele matou a sua mãe.  Assim, ele não tinha nenhum lugar  para onde se dirigir. 

   “””Foi ao MONASTÉRIO JETAVANA  e tentou ser admitido na Ordem, mas os Monges o recusaram.   O ódio em seu coração cresceu  com violência maior do que nunca e ele queimou muitos dos alojamentos dos Monges Budistas.   Finalmente, ele se encontrou com o Buda SAKYAMUNI que deu permissão para  ele se tornar um Monge.””” ( O Monastério JETAVANA foi onde o Buda SAKYAMUNI viveu e ensinou durante a estação chuvosa no decorrer dos últimos vinte e cinco anos de sua vida.  Foi construído como oferecimento pelo patrono leigo SUDATTA, na terra concedida pelo Príncipe JETRI).
     (Buda Original NICHIREN DAISHONIN – Gosho Zenshu).

                    Nenhuma Entidade celeste, mesmo com a VISÃO DIVINA (Apóstolos e Santos), ou com a VISÃO DA SABEDORIA (Bodhisattvas Mahasattvas e Deuses) podem atingir a origem do mal karma  dos humanos.   Somente os BUDAS com suas VISÕES DO DHARMA e VISÃO DO BUDA podem atingir o kuon ganjo de cada indivíduo e a origem de todos os males e erradicá-los.   Os Demônios são como os leões, tigres e leopardos que conseguem enxergar no escuro; os humanos são como búfalos, gnus ou gazelas  que nada veem  à noite e são facilmente capturados.   Os Demônios  veem o karma mutável dos terráqueos e os corrompem.  Os humanos, pensando serem  sábios, não veem, sequer,  o ar que respiram.

                    É estarrecedor  o terror que envolve  a maioria da humanidade, após a morte (exceto, aqueles que alcançaram um dos Seis Céus do Mundo Tríplice).   A alma (ego ou espírito) ao se ver sozinha e  despida dos cinco sentidos humanos numa escuridão abissal e sem ninguém para ajuda-la,   ecoa gritos surdos de socorro por ajuda que não vem,  sem saber o que fazer, aonde está e o que virá em seguida,  num arrependimento tardio e irreversível por não ter construído com bons atos e boa Doutrina nesta vida,   a sua moradia  após a morte. (A Fonte deste parágrafo é de um Sábio Ocultista em pesquisa Astral.  Não é a palavra do Buda).   frnbao-.

Fontes Consultadas:
Sutra da Lótus da Lei Maravilhosa
Gosho Zenshu
Saddharma-Pundarika-Sutra
Miao-Fa-Lien-Hua-Ching
Muryogui Sutra
Ninno Hannya-Haramitsu-Kyo
Hiyu Sutra
nichirenlibrary.org
thebuddhismsociety.org
pt.wikipedia.org
pacuacuritiba.com
Anie Wood Besant

Charles Webster Leadbeater

BUDA ORIGINAL NICHIREN DAISHONIN

BUDA ORIGINAL NICHIREN DAISHONIN