Google+ Followers

segunda-feira, 5 de junho de 2017

VERDADEIRO BUDISMO – O SUTRA DIFÍCIL DE CRER E DIFÍCIL DE COMPREENDER



              Quando o Buda SAKYAMUNI  atingiu o Estado de BUDA, com trinta anos de idade, passou um longo tempo em silêncio absoluto.    Seu desejo, naquele momento,  era de não ensinar uma só palavra.    O BUDA observou que os humanos  não estavam preparados para entender o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA:  (NAM-MYOHO-RENGUE-KYO), motivo do seu advento neste Mundo Saha. 

                Instado pela LEI DO DHARMA, considerando que foi o próprio BUDA quem desejou renascer e realizar esse Ensinamento no Planeta Terra, Ele iniciou sua Doutrina com o BUDISMO MAHAYANA PROVISÓRIO.   Como as  pessoas  não entendiam nada do MAHAYANA, Ele regrediu os seus Ensinos para o BUDISMO HINAYANA e pregou durante  12 anos.

               Quando o Buda SAKYAMUNI estava com setenta e dois anos de idade  e quarenta e dois anos de pregação dos ENSINOS PROVISÓRIOS (Preparatórios) escreveu no SUTRA MURYOGUI:

     “”” No passado, sentei-me eretamente no local de meditação sob a árvore Bodhi durante  seis anos e alcancei a ILUMINAÇÃO SUPREMA (Estado de Buda).  Quando observei todos os fenômenos com os olhos de um BUDA, concluí que não poderia expor minha Iluminação, exatamente como ela era.   Por que isso ?.  Porque eu sabia que as  pessoas diferem em suas naturezas e desejos.   E, como diferem em suas naturezas e desejos, eu expus a LEI de vários modos.   Expondo a LEI de vários modos,  fiz uso do poder de métodos expedientes (ensinos por etapas).   Contudo, nesses mais de quarenta anos, ainda não revelei  a Verdade (Ensino que conduz ao Estado de Buda).”””
      (Buda SAKYAMUNI – Sutra Muryogui). 


               O  SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA adverte:

       “”” Honestamente, abandonando os ENSINOS PROVISÓRIOS, exporei a LEI SUPREMA.   Jamais aceitem uma só palavra de outros SUTRAS ( Exceto, o Sutra de Lótus)”””.
     (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               Ao se submeter à Lei do Renascimento e Morte  para tentar levar os humanos ao ESTADO DE BUDA, o Buda desejava  renascer nos Estados de NIN ou TEN (Tranquilidade e Alegria) na Terra.   Entretanto, ao ser submetido, naquela ocasião , à  LEI DO DHARMA, foi conduzido para  o estágio evolutivo em que se encontrava a Terra, dominada  pelos Quatro Maus Mundos da Existência: -  INFERNO, FOME, ANIMALIDADE e IRA.

                Qualquer Santo ou Profeta (Sábio), até mesmo  BODHISATTVAS MAHASATTVAS,  DEUSES  ou BUDAS que, voluntariamente, renascerem  na Terra, suportarão enquanto viverem neste Planeta, o Karma dos seus pais,  da sua Raça e da própria Terra.   É por esta razão que o Buda  SAKYAMUNI e o Buda Original NICHIREN DAISHONIN sofreram tanto.

               O Buda SAKYAMUNI passou 42 anos de sua vida,  ensinando aos seus discípulos e à  multidão que O acompanhava,  os ENSINOS PROVISÓRIOS (Preparatórios), pois os humanos não estavam preparados para entender o VERDADEIRO BUDISMO (SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA – SADDHARMA-PUNDARIKA-SUTRA).   Ao pregar o SUPREMO ENSINO o Buda SAKYAMUNI  proibiu que aquela Lei Suprema  fosse revelada nos próximos dois mil anos (Segundo o Calendário Budista), ocasião em que  testificou  expressamente:

     “””  Após a minha morte esta Magna Lei não deverá ser revelada, enquanto não chegar a ERA DOS ÚLTIMOS DIAS DA LEI.”””
     (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               O Buda SAKYAMUNI  advertiu aos seus discípulos e à Assembleia que O ouvia,  a dificuldade de se encontrar o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA neste e noutros  Mundos  Saha:

       “””Os Senhores têm sido filhos de  grande número de pais nas existências passadas, mas jamais se encontraram com o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA nesse período de tempo.  Assim, é fácil ter pais, mas muito difícil de se encontrar com o SUTRA DE LÓTUS.”””
    (Buda SAKYAMUNI – Sutra de Lótus).

               Na antiga China, no sétimo ano de Yung-Ping ( 67 D.C.), o  Imperador da Dinastia HANG (Ming) sonhou com um homem de ouro.  Imediatamente ele ordenou que  dezoito emissários fossem à Índia, incluindo os Sábios TSAI YIN e WANG TSUN  para trazerem o Budismo para a China.   Assim,  no décimo ano da Era Yung-Ping  dois Sábios da Índia Central  chegaram à China: -  KASHYAPA – MATANGA  e DARMARAKSHA e gozaram da mais elevada  estima do Imperador  Chinês.

               Segundo o Calendário Budista, mantido até hoje, o Buda SAKYAMUNI viveu  nos anos de 1029 A.C./949 A.C. e todas as referência dos seus escritos monásticos  mantêm  essa data em  seus  ensinamentos Budistas nos diversos países da  Ásia, China e Japão.

               O Buda SAKYAMUNI  ao reassumir o ESTADO DE BUDA,  utilizando o  corpo de um Mortal Comum ( na Índia), com 30 anos de idade, observou com os OLHOS DO BUDA que a humanidade não estava preparada para entender nem compreender a profundidade dos ensinamentos do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA e passou quarenta e dois anos da sua vida, como BUDA, ensinando os ENSINOS PROVISÓRIOS (Preparatórios).

               Esses Ensinos (Provisórios), muito embora sejam um Ensino do BUDA,  só levam seus praticantes ao Estado de ARHAT, SHOMON ou SANTOS.   Sua diferença em poder e Iluminação, comparados à Iluminação do BUDA,  é ainda menor do que a luz de um vaga-lume comparada à LUZ DO SOL, pois não elevam seus praticantes  ao ESTADO DE BUDA,  única razão do advento do Buda  SAKYAMUNI  neste Mundo Saha (Terra).   Esses SUTRAS PROVISÓRIOS se assemelham às DOUTRINAS NÃO BUDISTAS: - (Bramanismo, Cristianismo, Judaísmo, Islamismo, entre outras), que desconhecem os Céus do MUNDO DA FORMA e NIRVANA  ( Céus dos Bodhisattvas Mahasattvas ,  Deuses e BUDAS) e não libertam seus praticantes da Lei do Renascimento e Morte.

               Proibido expressamente pelo Buda SAKYAMUNI de se pregar o SUTRA DE LÓTUS DE LEI MARAVILHOSA pelo prazo de dois mil anos, após a sua morte,  somente em 1253 (D.C.), o Buda Original  NICHIREN DAISHONIN recitou pela primeira vez, em público, após a morte do BUDA, o DAIMOKU (Título) do SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA no Japão.

               Como  previsto pelos Sutras, todo o Clero Japonês, Chinês, Indiano e dos demais países Budistas,  inclusive o Imperador do Japão que professava um Ensino Provisório (Jodo – Terra Pura) se lançaram contra o Buda NICHIREN DAISHONIN como demônios famintos.  Foi preso, exilado e nunca teve permissão do Governo Japonês para debater com outras Seitas Budistas.   Como na  ERA DE MAPPO só são permitidos os ENSINOS e a  PRÁTICA, o Buda Original NICHIREN DAISHONIN nunca pôde exibir a PROVA REAL: - pregar investido  no CORPO DO DHARMA (pregar no Estado de Buda).   Até hoje, parte dos seus Ensinos não foram traduzidos.

               Muito embora o SUTRA DE LÓTUS DA LEI MARAVILHOSA tenha dado a PROVA REAL de que,  quem O recita atinge nesta vida o ESTADO DE BUDA, como aconteceu na Índia nos dias do Buda SAKYAMUNI  com a menina RYUNYO e no Japão, recente,  com o Venerável JOSSEI TODA, os Países Budistas, por conveniência ou apego financeiro,  continuam  pregando  os ENSINOS PROVISÓRIOS (que eles chamam de tradicionais), sabendo que eles estão contrariando o Decreto dos BUDAS, não vão atingir a Iluminação após a morte e nem vão  se livrar da Lei do KARMA.   Permanecerão  eternamente no  ciclo  sem fim do Renascimento e Morte.  frnbao-.

Fontes Consultadas:
Sutra de Lótus da Lei Maravilhosa
Gosho Zenshu
Saddharma-Pundarika-Sutra
Miao-Fa-Lien-Hua-Ching
Muryogui Sutra
Ninno-Hannya-Haramitsu-Kyo
Hiyu-Sutra
nichirenlibrary.org
thebuddhismsociety.org
pt.wikipedia.org
pacuacuritiba.com
Annie Wood Besant







BUDA ORIGINAL NICHIREN DAISHONIN

BUDA ORIGINAL NICHIREN DAISHONIN